Purismo × Praticidade

Purismo × Praticidade

Já acompanhei algumas ondas teóricas que geraram puristas. Chamo assim, pois nas discussões o foco num método específico raramente é benéfica, deste modo, purista é a pessoa que se apega de tal forma que se esquece de criticar o tal método, modelo ou ferramenta adotado.

Vi na época do CMMI, modelo que tive a oportunidade de conhecer como consultor (ou EPG, que significa Engineering Process Group), líder de testes e como GP. Nossa, foram 2,5 anos de discussões sobre como o CMMI era perfeito, brigas com alguns líderes técnicos e horas de trabalho, para no final, quase todo mundo adotar o Scrum.

Mal terminava uma guerra e já começava outra, dessa vez o Scrum versus PMBOK. Enquanto muitos defendiam o agile nos congressos (e outros o “tradicional”), meu amigo Fábio Cruz escreveu um livro chamado “Scrum e PMBOK, juntos na gestão de projetos”, ao mesmo tempo que o PMI criou a certificação ACP (Agile Certified Practicioner). Quem prevaleceu? Os dois modelos de trabalho.

Outra grande discussão recorrente: métricas e estimativas. Quem nunca discutiu sobre Pontos de função versus Pontos por Caso de Uso versus Story Points? E mais… melhor usar o método Delphi, Planning Wall ou Planning Poker? A resposta sábia sempre será a mais óbvia: depende.

Mas depende do que, Eli?

Do seu objetivo, do grau de acurácia, do dinheiro envolvido, do risco, do ambiente/mercado etc.

Diria que o bom é conhecer vários modelos e avaliar quando aplicá-los, seja com adaptações, o que é maia comum ou seja no modo purista, bem mais raro. O que não vale a pena, e aprendi isso com o tempo, é perder mais tempo com teoria e menos com prática. O tempo não pára e não espera por ninguém e é pelos resultados que seu trabalho será medido.

Eli

 

 

 

.

Publicado por: Eli Rodrigues

Há 1 comentário para este artigo
  1. Renê Ruggeri at 08:20

    Eli, muito legal o texto. O titulo que VC deu gera curiosidade. Certa vez escrevi sobre tema semelhante, mas talvez com um enfoque diferente sugiro a leitura para complementar:
    ABS
    Renê Ruggeri