como fazer uma monografia num fim de semana

como fazer uma monografia num fim de semana

Olá pessoal,

Embora o tema não seja o foco do site, fazer uma monografia (ou TCC) é algo que sempre acaba acontecendo com todo profissional que busca crescimento de carreira. E, vamos admitir, é um parto, né? Toda aquela metodologia, terminologia técnica, citações, bibliografia, índices de figuras, tabelas etc.  Não bastasse isso tudo, ainda temos que pensar muito para fechar o resumo, a introdução, o desenvolvimento e a conclusão. Um pesadelo!

Tem muita gente que chega ao ponto de desistir do curso só para não fazer a monografia, mas não precisa ser assim tão sofrido!! No último fim de semana fiz minha monografia do MBA de Gestão de Marketing da FGV e, depois de mais duas horinhas de correção do orientador, entreguei o trabalho. Iniciei na sexta a noite e domingo à noite já tinha finalizado… e olha nesse meio tempo ainda fui para um batizado, almocei no shopping e assisti dois filmes.

Quer saber como fazer esse milagre? Leia as dicas abaixo 🙂

1. Fale de um tema que você entende e saiba o que vai dizer

Defina um “problema”, algo que deseja resolver, uma hipótese que deseja testar. Seja o que for, faça a definição com muita antecedência, leia e estude à respeito, se informe, participe de palestras e, se possível, participe do projeto de solução. Quanto mais informações você tiver sobre o assunto, melhor.

2. Tenha informações sobre a empresa que vai falar

Toda monografia (ou TCC) focada numa empresa requer informações detalhadas sobre ela, por isso, separe com antecedência os itens mais comuns, como: missão, visão, valores, descrições, SWOT, planejamento estratégico, indicadores e resultados.

Na área de marketing, guarde também: portfólio de produtos/serviços, matriz BCG, estudo sobre concorrentes e informações de mercado, preferencialmente atualizadas.

3. Trabalhe o tema da monografia no dia a dia, ao longo do tempo

Falar sobre o que você faz no dia a dia é muito mais fácil, pois você já sabe interpretar as informações por já tê-las discutido previamente… basta escrever!

No meu caso, participei ativamente na elaboração do plano de marketing da empresa e na execução do projeto. Tendo participado de todas as definições, reuniões, ações, riscos e problemas, ficou bem fácil falar a respeito.

4. Colete dados com antecedência

Bem, já que você trabalha diariamente no tema, guarde informações sobre tudo que acontecer, da forma mais organizada que conseguir. Se possível, na definição do problema, pense com antecedência sobre que dados precisará, assim você evita perder tempo com dados que não servirão.

No meu caso, guardei dados da operação, dos projetos, faturamento, vendas, ações de marketing etc.

5. Siga um roteiro

Procure monografias (ou TCCs) de temas parecidos com o seu e monte uma estrutura de apoio. Se você tiver um roteiro pré-montado, bastará segui-lo na hora de escrever.

No meu caso, recebi da FGV um roteiro para o trabalho, baseado no livro “Gestão de Serviços e Marketing interno”, o que facilitou bastante o desenvolvimento do texto.

6. Seja objetivo

Tenha muita objetividade no que vai falar… Você não precisa se preocupar em construir o “estado da arte”, fazer um trabalho inédito ou algo parecido.

Uma monografia não é uma tese de doutorado, basta contar o contexto, sua hipótese (ou problema), explicar como aplicou seu experimento (ou método), expor os resultados e analisá-lo. Já é texto mais que suficiente para preencher 30, 40 páginas. Por isso, apenas conte como as coisas aconteceram.

7. Deixe a formatação para o final

 

Pra mim, a formatação é a parte mais “chata” do processo, mas… ainda assim é necessária e, convenhamos, torna o trabalho mais harmônico, mais bonito e bem estruturado.

Minha sugestão é que você deixe a formatação para o final, pois haverá mudanças na ordem das coisas, quantidade de páginas, índices de figuras, tabelas etc.

Depois que terminar tudo, abra o arquivo de novo e configure as margens, fontes, referências bibliográficas etc. Se foi você mesmo que fez o trabalho, com certeza saberá de onde tirou cada ideia e citar as referências não será um grande problema.

 

Espero ter ajudado!

Eli Rodrigues

Publicado por: Eli Rodrigues

There are 5 comments for this article
  1. Synesio Barin Jr. at 06:20

    Olá Eli,

    Muito boas as dicas.
    Um abraço.

    Synesio

  2. Carlos Alberto Vargas Esteves at 20:23

    Esteves,gostei e tirei proveito,obrigado.

  3. Mitsiotis at 00:01

    Boas dicas para ter uma noção geral. Obrigado.