B3PCO, um modelo inesquecível!

B3PCO, um modelo inesquecível!

Huguinho, Zezinho e Luizinho

A essa altura do campeonato é engraçado ainda ter que falar sobre o B3PCO, mas me sinto na obrigação de fazê-lo, pois muitas pessoas não o conhecem e nem percebem que precisam dele no dia-a-dia.

Gosto muito da PNL (Programação Neurolinguística), pois tem me ajudado a organizar pensamentos de forma simples e fácil de lembrar. A PNL estuda comportamentos e define modelos que auxiliem sua divulgação, permitindo que outras pessoas tenham acesso a modelos mentais que dão certo. Existem modelos para gestão, para área de vendas e mais ainda para as áreas técnicas.

O B3PCO é um modelo que todos devemos conhecer desde a infância, mas que por diversas razões acabamos deixando de lado. As consequências podem ser muito graves e geralmente se expressam em perdas de clientes, problemas de relacionamentos e baixo desempenho da equipe.

Afinal, o que é o B3PCO? 

É o nome dado à prática de usar cumprimentos cordiais no dia-a-dia: Bom dia, Boa Tarde, Boa Noite, Por favor, Com licença e Obrigado (B3PCO). Usar cumprimentos cordiais abre portas, quebra o gelo e permite que as pessoas interajam de forma respeitosa umas com as outras.

Pode parecer muito óbvio, mas há ambientes de trabalho onde as pessoas simplesmente se esqueceram da cordialidade. Por exemplo:

  1. Zezinho está conversando com Pedrinho sobre o trabalho, o telefone de Pedrinho toca e ele atende sem pedir licença. O que o Zezinho fará enquanto isso?.
  2. Huguinho, Zezinho e Luizinho estão em reunião. Pedrinho abre a porta da sala e dispara a falar com Luizinho um assunto, sem cumprimentar aos demais. Todos devem ficar esperando Pedrinho terminar?
  3. Huguinho e Zezinho estão novamente conversando no corredor, como conversam esses meninos! Pedrinho chega, cumprimenta apenas Zezinho e começa a falar um assunto com ele. E o Huguinho?
  4. Luizinho tem um trabalho para entregar até meio dia e já são 11:30. Pedrinho entra na sala e começa a falar com ele, sem sequer perguntar se ele está disponível. Inacreditável!
  5. Pedrinho e Luizinho não se falam há 2 semanas devido a correria do dia-a-dia. Certo dia, Luizinho está no trabalho e recebe uma ligação de Pedrinho, que sem dar bom dia, perguntar se ele está bem e se está disponível, começa a falar um assunto que nem era prioridade para Luizinho. (Sinistro!)

Um mundo melhor

Quão mais agradável é o mundo com B3PCO, não é? Vamos imaginar juntos?

  1. Zezinho e Pedrinho estão conversando e o telefone toca (e é uma ligação importante, mas não mais importante que seu colega de trabalho). Pedrinho pede licença, atende o telefone, avisa a pessoa que retornará a ligação em breve e continua a conversa com Zezinho.
  2. Huguinho, Zezinho e Luizinho estão em reunião. Pedrinho abre a porta, percebe que estão em reunião e se retira. Mas digamos que o assunto seja MUITO urgente, caso de vida ou morte, então Pedrinho pede desculpas a todos e avisa a Luizinho que tem um assunto urgente, dando uma referência simples sobre o tema antes de se retirar.
  3. Huguinho e Zezinho estão papeando, Pedrinho chega, dá bom dia a eles, avisa que precisa falar com Zezinho e segue seu rumo.
  4. Luizinho está enrolado com o trabalho que vence 12:00. Pedrinho chega na sala, dá bom dia ao Luizinho, pergunta como ele está, pergunta se está ocupado e SE, apenas SE, o Luizinho resolver priorizar a conversa, Pedrinho fala. Se não, pede que entre em contato posteriormente.
  5. Pedrinho e Luizinho não se falam há semanas, um dia Luizinho está trabalhando e recebe uma ligação de seu colega Pedrinho. Pedrinho o cumprimenta com um bom dia, pergunta como ele está, pergunta se está ocupado e apenas se não estiver, dispara seu assunto.

Nesta segunda versão do mundo, as pessoas sabem duas coisas: Respeitar umas às outras e Dizer Não.  É muito importante que, num ambiente de trabalho, tenhamos respeito pelo tempo, pela prioridade, pela presença e pela vontade alheia, afinal, devemos tratar o próximo como queremos ser tratados também.

Grande abraço,

Eli Rodrigues

Publicado por: Eli Rodrigues

There are 4 comments for this article
  1. Wilson M. C. Munhoz at 09:17

    Eli, bom dia! Muito bom começar o dia com um artigo tratando e lembrando de ações básicas para se relacionar bem com pessoas. Muitos culpam a tecnologia pela ausência delas, mas eu acredito que o fato é resultado das mudanças de prioridades e valores das pessoas. E do jeito que a coisa anda, acho que vão ter que criar normas para colocar e exigir estas ações na prática. Abraços.
    Wilson Munhoz

  2. Rosa at 16:47

    Ótimo post, uma pena que muitas pessoas esquecem disso no dia a dia.

    Parabéns pelo blog, de conteúdo excelente.

  3. Tiago Dávila at 11:32

    Muito bom. A correria do dia-a-dia realmente deixa as pessoas mais frias e displicentes com o tratamento ao próximo.

  4. Bruno Prado at 18:10

    Eli, excelente texto! É fundamental que as organizações promovam um ambiente respeitoso como descrito nos seus exemplos. Um abraço e obrigado pelas postagens.