Como me tornar gerente de projetos

Como me tornar gerente de projetos

A Gestão de Projetos está em alta como nunca esteve, muitas novas áreas estão adotando a metodologia e isso amplia bastante as oportunidades de trabalho.

Seja qual for sua área de atuação, certamente haverá projetos a serem gerenciados. Os benefícios da metodologia são bem claros: aumentar a probabilidade da entrega  de projetos no Escopo, Prazo, Custo e Qualidade combinados.

(Veja como tudo começou em Introdução à Gestão de Projetos)

Mas como se tornar um Gerente de Projetos? Claro que existem vários caminhos para chegar ao mesmo lugar, mas vou compartilhar o caminho que fiz. São 4 passos para chegar lá, leva algum tempo, mas tenho certeza que com dedicação você também vai conseguir.

Passo 1 – Aprender como se faz

Se você nunca trabalhou com gestão de projetos, a melhor coisa a fazer é adquirir conhecimentos sobre COMO fazer. Para isso, sugiro que participe de um treinamento de Fundamentos de Gestão de Projetos e leia um livro introdutório como o Fundamentos do Gerenciamento de Projetos da editora FGV.

Passo 2 – Praticar o conhecimento

Tendo adquirido conhecimentos fundamentais, passe a gerenciar tudo como projeto, a festa de aniversário do seu filho, a mudança de apartamento e até uma viagem. ‘Brincando” assim você conhecerá melhor as nuances da teoria x prática e desenvolverá melhor seu estilo de gestão.

Na empresa, participe de projetos como recurso humano, digo, sem a responsabilidade de ser gerente. Assim você conhecerá a dinâmica do trabalho, como: variações de prazo, custo, atrasos, folgas etc.

Voluntarie-se! Busque oportunidades de praticar o gerenciamento, ajude um gerente de projetos mais experiente, transforme iniciativas do seu departamento em projetos, seja voluntário do PMI, de sua comunidade ou de uma instituição. Isso vai lhe trazer experiência prática.

Apenas quando se sentir seguro, comece a gerenciar projetos “oficiais”, não importa quanto tempo vai levar, é importante que você tenha segurança no que está fazendo. O GP representa a empresa frente aos clientes, é uma posição que requer responsabilidade, maturidade e conhecimento das políticas da empresa.

Passo 3 – Tirar a Certificação PMP

O que é a certificação PMP?

Significa Project Management Professional. É um certificado emitido pelo PMI (Project Management Institute) que atesta sua proeficiência como Gerente de Projetos. Para isso avalia conhecimentos teórico e experiência prática.

Por que tirar a certificação PMP?

A certificação é muito valorizada no mercado, há muitos anos têm sido e não parece que irá deixar de ser tão cedo, pois é muito exigente. Requer meses de dedicação e anos de trabalho. O mercado se sente muito mais seguro com um GP certificado.

Não se envolva em discussões como: “Conheço muitos gerentes com PMP que não sabem nada e muitos que não tem e são excelentes”. Pode até ser que existam, assim como existem pessoas sem graduação que fazem um trabalho excelente. Mas você compraria um apartamento num prédio cujo projeto não foi assinado por um engenheiro?

Invés de se lamentar por não ter a certificação, dedique-se um pouco, faça a prova e acabe com essas discussões sem propósito.

Quais são as exigências para a certificaçao PMP?

A parte teórica é avaliada através de uma prova com 200 questões das disciplinas de projeto e várias com situações reais, 25 questões são “placebos” e serão canceladas. O candidato deve acertar 106 questões das 175 para passar (60%).

Também são exigidas  exigido que se cumpra 35 horas de treinamento formal.

A parte prática é relatada por você no site do PMI, selecionando que projetos trabalhou, quantas horas e que disciplinas foram envolvidas. Vale o que você escrever no site, o PMI audita por amostragem.

Como dar inicio ao processo de certificação?

Tendo as horas exigidas de prática e estudo, increva-se no site do PMI, link aqui. Preencha seus dados, suas experiências e agende sua prova.

Dicas para a prova do PMP

Passo 4 – Gerencie muitos projetos

Quando tirar a certificação você terá maior aceitação do mercado, busque uma boa posição de GP, onde possa gerenciar muitos projetos e ganhar cada vez mais experiências.

Evite posições confortáveis demais, onde já domina todo conhecimento e já não aprende mais nada. Na área de GP a acomodação não é uma opção.

Gerencie projetos cada vez mais complexos, com orçamentos maiores, requisitos mais complicados e prazos mais curtos, isso irá valorizar bastante seu currículo.

Publicado por: Eli Rodrigues

There are 8 comments for this article
  1. Lucian at 13:08

    Não se pode tirar a certificação PMP sem experiencia comprovada como gestor de projetos, é um requisito PMI. Mas para conseguir um cargo de gestor tem que se tirar uma certificação PMP, é isso? Faz sentido?

  2. Júlio Cesar Jr.' at 10:32

    Gosto muito da área de GP, porém não sei como dar os passos iniciais na carreira.

    Sou gerente em uma ME de Comunicação Visual no RJ.

    Possuo nível superior incompleto em Adm(4º período) e penso em retomar os estudos com Superior Politécnico em Processos Gerenciais seguido de pós em Gestão de projetos.

    Como posso dar meus primeiros passos a partir de agora para ingressar na área, trabalhar em um escritório de projetos e já começar a acumular experiência ?

    Um curso de GP ?
    Como entrar em um escritório de projetos?

    Agradeço sua ajuda e orientação!

    • Eli Rodrigues, PMP, CSM Author at 16:42

      Oi Júlio, tudo bem?

      Considerando que a área de projetos seja um bom caminho pra você, diria para iniciar FAZENDO projetos já onde está. É raro uma empresa contratar somente porque você fez um curso e sempre há oportunidades para fazer projetos em qualquer empresa ou área. Se quiser fazer um curso, nada melhor que um MBA, mas você ainda não terminou a faculdade, então pode fazer um curso de projetos básico e avançado que vai ajudar bastante.

      Recentemente, publiquei um e-book sobre “Plano de Carreira” e acho que seria muito bacana se você puder ler, ele vai te ajudar a descobrir qual a MELHOR ESTRATÉGIA PARA VOCÊ. É importante montar uma estratégia personalizada porque seus diferenciais podem ser uns e dos seus concorrentes, outros.

      Digamos que você tenha tempo e dinheiro disponível e faça um curso de projetos, se o seu concorrente tiver maestria (manjar muito do assunto) e tiver referências (o famoso QI) é possível que ele ganhe a vaga. No entanto, se tiver realmente dinheiro disponível, você pode fazer um curso de projetos avançados em Harvard e tomar a vaga dele. Se não tiver dinheiro, mas tiver tempo, você pode frequentar todos os eventos, conhecer todo mundo e ganhar a referência, tomando a frente novamente. E se você simplesmente manjar muito do assunto e tiver tempo para estudar, pode ler livros, blogs, assistir vídeos e ficar a par do estado da arte. Captou? A estratégia de carreira depende mais do que VOCÊ pode oferecer de diferente do que de uma receita.

      Se te interessar, o e-book está disponível aqui no site e oferece todas as ferramentas para montar a estratégia, as metas e o plano de ação, como se você fosse uma empresa. Segue o link: http://www.elirodrigues.com/2015/12/11/ebook-plano-de-carreira/

      Espero ter ajudado,

      Eli Rodrigues

  3. Valmir Antonio Serpa at 22:11

    Primeiramente, parabens pelo site, eu o tenho como referência há algum tempo na busca de informações e conhecimentos em GP.

    Eli, me dê uma luz! Eu tenho 22 anos, terminei a minha graduação recentemente e ano que vem vou começar a minha Pós em Gerenciamento de Projetos na PUC-MG, mas estou um pouco inseguro quanto a minha escolha.

    Pesquisando no Google, eu não encontro anúncios de vagas para menbros de equipe de projetos, como assistentes, analistas e coordenadores, principalmente a exigência de ceritificação CAPM, se existem, são muitos fechados. A realidade é esta que estou mencionando ou as vagas vou encontrar em sites especializados? Ou só vou conseiguir ingressar na área filiando-me ao PMI?

    Qual a área o GP é mais exigido (necessitado) pelo mercado? Telecomunicações, TI, Contrução Cívil…

    Abraços;

    • Eli Rodrigues, PMP, CSM Author at 08:58

      Oi Valdemir,

      Primeiro, parabéns pela iniciativa. É isso que vai lhe fazer crescer por um bom tempo, depois terá que aprender a ter paciência, mas isso você só vai precisar se preocupar daqui a uns bons anos.

      O que está acontecendo a você, também está acontecendo a todos os demais no Brasil. Como o País está em crise, as pessoas ficam mais nervosas e acabam piorando a crise. Todos procuram os mesmos empregos, as mesmas formações e, quando há escassez, acabam negociando preço (neste caso, o salário). Não bastasse isso, quanto mais gente procura as mesmas vagas, menos chances cada um tem de ser escolhido, não há mais emprego para todos e muitos estão bem qualificados, dificultando ainda mais.

      Minha recomendação é que você invista um tempo preparando uma estratégia de carreira, com isso, ficará imune às oscilações de mercado. Fiz isso quando tinha 18 anos e posso lhe dizer que, apesar de nem tudo ter dado sempre certo, nunca passei dificuldades financeiras e nem dificuldades para arrumar trabalho. Tudo é uma questão de conhecer e aceitar como o mercado funciona.

      Segue um e-book que lancei este ano que poderá ajudá-lo a estruturar a estratégia e o plano: http://www.elirodrigues.com/planodecarreira

      Quanto às áreas que precisam de projetos, todas precisam! Veja o link: elirodrigues.com/aplicabilidadegp. No entanto, as que mais têm percebido essa necessidade são as áreas de tecnologia, engenharia civil e publicidade. As demais ainda não acordaram para os benefícios que uma metodologia pode trazer efetivamente.

      Meu conselho é que siga estudando e busque, como diz o e-book, a maestria no assunto. Mas que não esqueça de obter boas referências (pessoas que atestem seu trabalho) e de levar em conta suas limitações pessoais de tempo e dinheiro. Uma estratégia de carreira deve ser feita individualmente, não adianta tentar copiar os demais, senão vai acabar seguindo a multidão, fazendo as mesmas coisas e passando as mesmas dificuldades.

      Espero ter ajudado

      Eli Rodrigues

  4. vitor at 15:29

    boa tarde senhor Eli!

    Gostaria de saber para quem ainda não cursa uma faculdade, Qual curso vc indicaria para da inicio nesta carreira.

    • Eli Rodrigues, PMP, CSM Author at 15:21

      Oi Vitor,
      Na minha opinião, alguém que não começou a faculdade não deveria se preocupar em ser gerente ainda. É preciso ganhar conhecimento e experiência para “saber fazer” o trabalho antes de poder orientar os demais, sugiro que escolha uma área de atuação primeiro. Se sua paixão for por administração, você pode escolher marketing, finanças, engenharia de produção e muitas outras, por exemplo.

      Mas se quiser montar uma carreira que valha a pena em termos de realização pessoal e financeira, é preciso pensar 10, 15 anos à frente. Como estará o mundo daqui pra lá é o primeiro desafio, o segundo é saber quantas pessoas farão a mesma escolha, o que pode te posicionar como um ás daquela área ou apenas mais um.

      Sugiro que leia o e-book que montei sobre plano de carreira, está disponível para aquisição neste link: http://www.elirodrigues.com/2015/12/11/ebook-plano-de-carreira/ ou, se preferir, veja alguns dos slides relacionados ao tema aqui: http://pt.slideshare.net/EliRodrigues/plano-de-carreira-nos-dias-de-hoje

      Quando tiver uma estratégia montada, ficarei feliz em ajudá-lo a avaliar os riscos e as oportunidades.

      Abração,

      Eli